Quarta-feira, 18 de Dezembro de 2013

A Ilha de Staffa

Estava no ano de 1829 era Verão, tinha então Félix Mendelssohn Bartholdy 20 anos, chegou até à ilha misteriosa de barco, como sendo o único meio de transporte. Ansiava por descobrir o desconhecido, e o mágico mar, com as ondas a guiarem o barco que o levava, a paisagem marinha que lhe transmitia calma e ao mesmo tempo tempestuosidade, o cheiro da maresia que lhe abria a imaginação, os sons sobrenaturais das ondas e das aves, que comparava com cada nota musical, e a primeira aparição da caverna que iluminou os pensamentos, conhecida como gruta de Fingal, situada na pequena ilha deserta de Staffa, que faz parte de um conjunto de ilhas (algumas habitadas e outras desertas até hoje) - as Hébridas, a oeste da Escócia. Foi uma chegada grandiosa de barco, ao avistar os primeiros sinais da majestade do local, onde a imponência da gruta com os seus 20 metros de altura e 75 metros de profundidade, o tecto arqueado, fizessem com que os ecos das ondas do mar lhe lembrassem um som parecido ao de um órgão de catedral, a própria arquitectura natural do tempo fez com que a gruta parecesse uma catedral digna de ser visitada.

Ficou tão impressionado e até inspirado a compor a sua obra, tendo enviado uma carta com a composição, no mesmo dia à sua irmã, que também estava ligada à música, para lhe demonstrar o quanto aquele lugar lhe tinha marcado. Mendelssohn ficou um ano a trabalhar na obra tendo-a nomeado de Die Hebriden (As Hébridas) na partitura de orquestra; e nomeou Die Fingalshöhle (A Gruta de Fingal) nas partes de cada instrumento.

 

As Hébridas OP.26

 

Link para verem galeria de fotos das Hébridas: globeholidays.net


Para além de Mendelssohn, vários artistas Românticos* também ficaram inspirados com estas grutas; Jules Verne, Turner, entre outros.



* Romantismo foi um movimento artístico, político e filosófico que surgiu nas últimas décadas do século XVIII na Europa até grande parte do século XIX.

tags:
publicado por Nica às 00:44
link do post | ✉ comentários | ★ favorito
1 comentário:
De Rogerio Franco a 9 de Janeiro de 2014 às 19:32
As grutas sao magnificas, e nao é de admirar que o poema sinfonico "As hébridas", seja assim tao interessante de ouvir.

Comentar post

.tags

. a.warhol▲r.lichtenstein

. caos theory

. ceramic

. cinemagraphs

. cor

. curtas

. designo

. enigma

. fashion&design

. flower of life

. halo

. ilustração

. instantes

. intro

. kaleidoscope

. made in portugal

. maze

. memphis

. metro

. mitologia

. most wanted

. nature

. nature & math & design

. natureza & design ♥

. optical illusion

. over thinking

. recicla-me

. recicle the 80´s

. thought

. utopia

. valquírias

. todas as tags

.subscrever feeds

.cronologia

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Maio 2012

. Abril 2012

. Dezembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. + links

arkitectum.blogspot.pt
atelierpedrofalcao.com
dayzeroproject.com Under construction
designblog.rietveldacademie.nl
fba.pt
guedelhudos.blogspot.pt
oladolunar.blogs.sapo.pt
olhaquemassa.com
presentandcorrect.com
sdr-designer.blogspot.pt
tardoz.wordpress.com
cam.gulbenkian.pt
museuartecontemporanea.pt
museuarqueologicodocarmo.pt
museu.gulbenkian.pt

.vídeos

Amazing resonance experiment
Spirograph Drawing Machine
Giant kaleidoscope
Six amazing pop-up paper sculptures
Tony Orrico performance

.magazines

aesthetica
ammomagazine
artecapital
artcity21
castlemagazine
ceramicart
ceramicsnow
craftarts
creaturemag
coloquio.gulbenkian
dontpaniconline
eyemagazine
grabmagazine
interact
lomography/magazine
magneticamagazine
noomagazine
parqmag.com
revistapunkto.com
saatchionline
smashingmagazine
sketchbookmagazine
umbigomagazine

.tipografia

dstype.com
ilovetypography.com
thinkingwithtype.com
tipografos.net
typostrate.com