Domingo, 20 de Maio de 2012

Breaks

Autumn Winter 2011/2012, Pull & Bear, Source

 



*

Fall Winter 2011/2012, Su-Shi Campaign,Source
tags:
publicado por Nica às 01:12
link do post | ✉ comentários | ★ favorito
 O que é?
Domingo, 6 de Maio de 2012

Vintage Prada

Pictures from Prada Fantasy Lookbook 2012

Uma viagem aos anos 50 e 60 com a nova colecção da italiana Prada, Primavera/Verão 2012, fotografias de Phil Meech nos bastidores do desfile, e colagens feitas à mão por: Jeroen Koolhaas e Lok Jansen.

publicado por Nica às 22:57
link do post | ✉ comentários | ★ favorito
 O que é?
Quarta-feira, 2 de Maio de 2012

Mulher Maravilha

A super heroína Mulher Maravilha apareceu em Junho/Julho de 1941, na revista All Star Comics, pela Editora DC Comics, apenas a uma pequena apresentação na capa da revista, ao lado de super heróis como: Hawkman, The Atom, Dr. Fate Sandman, Dr. Midnight, The Spectre, Starman e Johnny Thunder. Mas só aparece numa história completa em Janeiro de 1942, na revista Sensation Comics.

Harry George Peter foi o primeiro ilustrador a criar a heroína, juntamente com William Moulton Marston, psicólogo, em que usou o pseudónimo Charles Moulton para escrever sobre a Mulher Maravilha. Já dizia Marston que, e cito: "A Mulher Maravilha é a propaganda psicológica para o novo tipo de mulher que deve governar o mundo." (comentário: em plena segunda guerra mundial).


Editora DC Comics, 1942, Source







 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mike Allred



Uma princesa amazona, bela e sábia, provida de super poderes como, força, velocidade e imortalidade, baseados na mitologia grega (uma caricatura no bom sentido do poder feminino), no combate às forças do mal, como Marston e Harry G. Peter a tinham imaginado.

 

Os ilustradores foram mudando e a sua imagem alterou-se ao longo dos tempos, tendo sido interpretada também por diversos autores.
Sobreviveu ao declínio dos super heróis no final dos anos 40, tendo as suas aventuras na BD chegado ao fim no final dos anos 80. A Mulher Maravilha ainda foi levada para o ecrã na década de 70, através do produtor William Dozier, onde a actriz Lynda Carter protagonizou a heroína.

 

Descobri à uns dias atrás que sensivelmente à um ano, em Fevereiro de 2011 (ok confesso que não tive sentido de oportunidade), a mulher maravilha teve outra aparição: na maquilhagem, a MAC Cosmetics acabava de lançar uma colecção em que produtos como máscara, batom, sombra, verniz, e objectos de cosmética, estavam associados à heroína, em que a predominância das cores, tanto na maquilhagem como nos objectos iam desde os vermelhos, rosas, branco, azuis, os tons nude, e com brilho. O Ilustrador foi Mike Allred que fez renascer mais uma vez a heroína, em que adoptou um estilo retro, arte pop nas ilustrações exclusivas para a colecção super dimensionada.

 



Haverá sempre imortalidade naqueles com a imaginação e criatividade para a fazer, a imortalidade constrói-se. Daqui a 30 anos ela e todas as obras e pensadores continuarão a ser imortalizados de alguma forma.
publicado por Nica às 22:47
link do post | ✉ comentários | ★ favorito
 O que é?





.













online





. Seguir blog via Sapo

. Follow my blog on Bloglovin

. Alojamento SAPO Blogs




. Pesquisa